Projeto

Mulheres Nova Farinha

Ao registrar a história e a memória da comunidade do Assentamento Vila Nova, a Fundação Brasil Cidadão identificou a possibilidade da construção de Casa de Farinha como um meio eficaz para gerar complemento de renda para as famílias locais. Assim nasceu o Grupo “Mulheres Nova Farinha” e com ele a realidade do espaço tão desejado para a produção da farinha de mandioca, matéria-prima já plantada e cultivada pelos participantes do grupo.

A casa de farinha tornou-se também principal referência da comunidade, pois é lá onde tudo acontece da produção às reuniões da Associação dos Moradores. Além de resgatar a memória das “casas de farinha”, trazida pelos nossos antepassados, a realização deste sonho serviu de estímulo para ampliar a autoestima da comunidade e consolidar valores tradicionais.


Galeria



Outros projetos