Tecnologia Social DE OLHO NA ÁGUA é certificada pela Fundação Banco do Brasil

Um total de 173 iniciativas ganharam o reconhecimento e irão compor o Banco de Tecnologias Sociais da Fundação Banco do Brasil

 

A tecnologia social DE OLHO NA ÁGUA, da Fundação Brasil Cidadão para Educação, Cultura, Tecnologia e Meio Ambiente – FBC, foi certificada e selecionada como FINALISTA no Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017. Esta é a nona edição da premiação, que tem o objetivo de levantar projetos sustentáveis que possam ser reaplicados em diversas comunidades.

Foram escolhidas 21 tecnologias sociais como finalistas entre, as 173 certificadas, segundo os critérios de nível de sistematização, resultados quantitativo-qualitativos, interação com a comunidade e inovação social.

Com a certificação, as tecnologias passam a compor o Banco de Tecnologia Social (BTS) da Fundação BB, que agora conta com 995 iniciativas aptas para reaplicação. O BTS é uma base de dados online, que reúne metodologias reconhecidas por promoverem a resolução de problemas comuns às diversas comunidades brasileiras. Neste banco, todas as tecnologias sociais podem ser consultadas por tema, entidade executora, público-alvo, região, UF, dentre outros parâmetros de pesquisa. Para consultar o banco basta acessar o endereço eletrônico: tecnologiasocial.fbb.org.br. Também é possível consultar este banco de dados por meio do aplicativo de celular “Banco de Tecnologias Sociais”, disponível para aparelhos Android e IOS.

Para o presidente da Fundação Banco do Brasil, Asclepius Soares, a certificação de um projeto com o selo “Certificada Fundação BB” garante mais visibilidade para a iniciativa, além de fortalecer o conceito para sua reaplicação em outras localidades do país. “Nosso objetivo é melhorar a vida das pessoas através do reconhecimento e da reaplicação de tecnologias sociais que já deram certo em diversas localidades. Aproximamos a sabedoria popular ao conhecimento técnico para proporcionar o desenvolvimento social em escala”, explicou.

Em novembro a Comissão Julgadora, composta por representantes da Fundação Banco do Brasil e das instituições parceiras na realização do Prêmio, escolherão as vencedoras de cada categoria. As tecnologias sociais serão conhecidas no evento de premiação que ocorrerá no dia 23 de novembro de 2017, em Brasília/DF.

Leia também